Os petistas presos em Brasília pelo processo do mensalão José Genoino, Delúbio Soares e José Dirceu enviaram nesta terça-feira, 19, um bilhete aos militantes do PT que estão acampados na entrada do Complexo Penitenciário da Papuda desde domingo. Eles agradecem o apoio e “solidariedade política” dos manifestantes. E dizem ainda que não aceitam humilhação. O bilhete, escrito em frente e verso, foi entregue aos militantes por um dos advogados de Delúbio, Luiz Egami.

Assinado pelos três, o bilhete diz: “Companheiros e companheiras, a ação de vocês nos sustenta muito, nos alimenta, é a solidariedade política, valor essencial da esquerda. O nosso agradecimento é a luta”, e finaliza: “queremos o respeito à lei, não aceitamos humilhação. Preferimos o risco e a dignidade da luta. Com gratidão e muitos abraços e beijos, Genoino, José Dirceu e Delúbio Soares”.