O presidente nacional do PT, Rui Falcão, minimizou o resultado da pesquisa Ibope que indicou que 9% da população aprovam o governo Dilma Rousseff. “A pesquisa retrata um dado de hoje e não mede o sucesso da visita nos Estados Unidos. Temos certeza de que esses índices negativos são passageiros”, disse o dirigente petista.

Questionado se acredita na existência de uma campanha contra a presidente, Falcão afirmou que não crê em “conspirações”. “Mas que há uma nítida má vontade em relação ao PT, ao Lula e à nossa presidente, é evidente”, concluiu.

O presidente do partido disse que, no encontro com a bancada petista no Senado e na Câmara, nesta segunda-feira, 29, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu que nenhum ataque ficasse sem resposta. “As declarações dele foram também de que aqueles que acham que o PT vai acabar vão dar com os burros n’água”, disse.

O petista participa, nesta tarde, da solenidade de posse da nova cúpula do PCdoB, na Câmara dos Deputados. O presidente em exercício da República, Michel Temer, os presidentes da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL); e outras personalidades políticas e autoridades prestigiam o ato. O atual presidente nacional da sigla, Renato Rabelo, deixará o posto em favor da deputada federal Luciana Santos (PE).