O presidente do PT, Rui Falcão, afirmou nesta terça-feira, 19, ao deixar o Complexo Penitenciário da Papuda, onde visitou os petistas José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares, que o PT não pode destinar recursos do fundo partidário para o pagamento das multas dos condenados do mensalão. No entanto, ele acha que haverá uma “rede de solidariedade entre a militância” para colaborar com o pagamento.

Falcão relatou que o deputado licenciado José Genoino passou hoje por uma perícia médica para avaliar seu estado de saúde e obter uma progressão da pena para o regime domiciliar. Os advogados de Dirceu e Delúbio apresentaram hoje uma certidão à Justiça descrevendo as atividades de trabalho realizadas pelos dois para que eles possam entrar, de fato, no regime semiaberto. Rui Falcão disse que os petistas agora estão em condições melhores.