O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, provável candidato a presidência da República em 2014, não comentou as recentes pesquisas que apontam a presidente Dilma Rousseff como vitoriosa no primeiro turno das eleições.

A pesquisa Ibope/jornal O Estado de S. Paulo o aponta como desconhecido de 54% do eleitorado e lhe dá de 1% a 3% das intenções de voto, dependendo do cenário pesquisado.

“Acredito em pesquisa, sempre trabalhei com pesquisa, mas não comento pesquisa, é um princípio”, afirmou o governador, neste sábado. “Pesquisa é uma ciência e quando bem feita ajuda muito a quem trabalha com ela. É importante para a atividade política, mas não é caso de ficar comentando”, reiterou.