enkontra.com
Fechar busca

Política

Dobrandino lamenta saída de Fruet do PMDB

  • Por Sandra Cantarin Pacheco
Dobrandino: “Adesfiliação
foi uma perda irreparável”.

O presidente do diretório regional do PMDB, deputado Dobrandino da Silva, avaliou como uma “perda irrecuperável” para o partido o desligamento do deputado federal Gustavo Fruet, que decidiu apoiar a candidatura do tucano Beto Richa à Prefeitura de Curitiba.

Segundo ele, a divisão se dá no âmbito do diretório municipal e se arrasta há bom tempo: “O diretório recusou legenda a Fruet, um candidato natural ao cargo, pra apoiar PT já no primeiro turno. Fez uma jogada que poderá não dar certo. Se tivesse permitido a candidatura própria, poderia, num eventual 2.º turno, levar o partido coeso a apoiar Angelo Vanhoni. Da forma como foi feito, alimentou a divisão”, admitiu.

Dobrandino não acredita em novas defecções, mas admite que peemedebistas identificados com Gustavo Fruet poderão acompanhar seu voto: “Gustavo tem razão de estar magoado, mas eu não queria que ele saísse do PMDB porque, além de sua postura ética e grande valor moral, fez sua carreira no partido e é um dos melhores quadros do Paraná atualmente”. O presidente do PMDB também disse desconhecer denúncias de que os candidatos apoiados por Fruet estariam sendo ameaçados de boicote pelo Palácio Iguaçu.

O presidente em exercício do PSDB, deputado Hermas Brandão, avaliou como altamente benéfica à campanha de Beto Richa a adesão de Fruet: “Vínhamos trabalhando para isso há algum tempo já e foi uma importante conquista. Vamos continuar trabalhando para trazer Gustavo para o PSDB, pois se trata de uma liderança em ascensão, com atuação e posturas dignas do maior respeito. Estou confiante de que é uma questão de tempo para tê-lo integrando a nossa legenda”.

Em campanha

Fruet reuniu-se ontem, durante café da manhã, com o presidente do diretório regional do PDT, senador Osmar Dias. Conversaram sobre as eleições, o quadro político e as perspectivas para 2006. Depois gravou participação no horário eleitoral gratuito e acompanhou Beto Richa em peregrinação pelo bairro do Cajuru. Lá Gustavo referiu-se a declarações do governador Roberto Requião (PMDB) no último showmício de Angelo Vanhoni, sobre a implantação do programa de segurança integrada. Ele questionou o condicionamento da medida à vitória do candidato do governo, lembrando que Requião já viveu a situação de governar Curitiba sendo oposição ao governo federal.

Hoje o deputado segue para Brasília, mas volta na quarta-feira e divide-se entre a campanha em Curitiba e região metropolitana e em alguns municípios do interior: “Isso significa intensificar o ritmo na reta final, compatibilizando Curitiba, a Câmara Federal e aqueles municípios onde apoiamos candidatos a prefeito e a vereador”.

A primeira participação de Gustavo no programa da coligação Curitiba Melhor Pra Você foi gravada na casa da família, na Rua Chile, e mostra também sua mãe, Ivete Fruet, e a irmã, Eleonora, que ocupou até dois meses atrás a secretaria estadual do Planejamento. As duas também estão formalizando a desfiliação do PMDB esta semana.

PRP tem novo candidato a vice-prefeito

O PRP de Jorge Paula Martins tem novo candidato a vice-prefeito: André Ramires Gallego. Ele substitui Renato Alves de Freitas, que renunciou por discordar da linha de campanha adotada pelo partido. Freitas é o quarto candidato a vice-prefeito que renuncia à disputa em Curitiba nestas eleições. Jean Michel Gandin, do PSTU, foi substituído por Raquel Eliana Polla, Vera Helena Teixeira (que assumiu a candidatura a prefeito com a renúncia de Avenir Ângelo Rosa Filho) do PRTB foi substituída por Pascualina Baggio e Horácio Rodrigues Sobrinho do PTdoB foi substituído por Irineu Carlos Fritz.

Na disputa por uma vaga na Câmara Municipal de Curitiba também foram registradas várias renúncias, a maior parte delas no PFL. O TRE relaciona entre os desistentes Jamil Nakad, do PRTB, que formalizou sua decisão na semana passada. Sua participação no horário eleitoral gratuito pode ter prosseguimento porque, na condição de filiado, está habilitado a pedir votos para a legenda.

A lista de candidatos que renunciaram inclui Antonio Hanauer, do PDT; Yara D?Amico, do PMDB; Mario Roberto, do PSL; Domingos Moro, do PSC; Paulo Azzolini, do PL; Marilene Vargas e Toni Cordeiro, do PPS; Zacaria, The Flash, Miguel Wille, Natalicio, Osvaldo Meldola, Zanuzzo, Augusto Canário, Antonio Carlos Doro, Foguetinho, Nivaldo Aparecido Monteiro e Deuva, do PFL; Paulo Rabelo, do PSDC; Ari Antunes, do PTC; J. Casaril, do PSB; professor Amadeu, do PV; e professora Elizandre, do PSDB.

Horário eleitoral

Por decisão do juiz da 4.ª Zona Eleitoral, Marco Antônio Antoniassi, a Coligação Tá Na Hora, Curitiba, de Angelo Vanhoni, perde 1min24 no horário eleitoral gratuito na TV e 25s no rádio. A decisão atende reclamação da coligação Curitiba Melhor Pra Você, de Beto Richa, que alegou uso indevido do espaço destinado aos vereadores.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas