O secretário geral do PMDB de Curitiba, Doático Santos, disse que não cabe recurso à direção nacional por parte do ex-presidente do partido Milton Buabssi contra a convenção que elegeu o novo diretório municipal, presidido pelo senador Roberto Requião (PMDB). Doático disse que o registro da nova direção na Justiça Eleitoral foi aprovado por unanimidade pela executiva estadual, que também negou o pedido de anulação da convenção feito por Buabssi.

De acordo com o secretário geral, o estatuto do partido estabelece que somente é possível recorrer contra decisões que forem aprovadas por menos de dois terços da executiva estadual. “Como a executiva rejeitou por unanimidade, não há essa possibilidade”, afirmou.

Buabssi alega que os membros do diretório e da executiva deveriam ter sido eleitos pelos delegados indicados pelos diretórios zonais. A abertura do voto para todos os filiados do partido fere o estatuto do partido, assegura Buabssi.

Mas os integrantes dos diretórios zonais foram eleitos juntos, na convenção municipal. E tomarão posse nesta quinta-feira, 4, na sede do diretório.