A presidente Dilma Rousseff se declarou satisfeita com a solução encontrada para a sucessão na Casa Civil, em substituição a Antonio Palocci, afirmando que a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) será bem-sucedida no comando da Pasta. “Eu a conheço bem e conheço bem o cargo”, disse a presidente na cerimônia de transmissão de cargo.

Dilma afirmou que Gleisi se notabilizou como gestora, destacou sua sólida formação técnica, seu preparo como gestora pública, sua visão e sensibilidade social. “Gleisi é mais uma mulher competente, firme e capaz no governo da primeira mulher presidente do Brasil”, ressaltou Dilma.

A presidente, no entanto, lembrou Gleisi que ela terá muito trabalho, pois os compromissos do governo são ousados: manter a economia em crescimento, controlar a inflação, zelar pela saúde fiscal, gerar mais empregos, distribuir renda e assegurar que seja cumprido o lema escolhido para sua gestão, de que “País rico é país sem miséria”.

Na solenidade de posse da nova ministra da Casa Civil, a presidente admitiu que está triste com a saída de Palocci do cargo e enumerou os motivos pelos quais lamentou o seu afastamento, de ordem política, pelo papel que desempenhou na campanha eleitoral, de ordem administrativa, pela sua atuação no governo, e de ordem pessoal, pela amizade que havia entre ambos. “Palocci foi um dos artífices da jornada que me elegeu. Suas ideias e capacidade de articulação ajudaram o governo e a mim”, destacou a presidente.