A presidente Dilma Rousseff propôs aos partidos da base aliada do governo uma espécie de “pacto antigastos”. A ideia é dar um sinal claro ao mercado de que existe a preocupação do governo e de sua base em controlar gastos, não aprovando propostas que possam comprometer as contas públicas. A proposta, segundo fontes do governo, foi discutida nesta terça-feira no Palácio do Planalto na reunião de Dilma com o Conselho Político.

O conselho reúne lideranças dos partidos da base de apoio ao governo na Câmara e Senado, além dos presidentes das siglas aliadas. Dilma já esteve reunida, separadamente, na semana passada, com lideranças da Câmara e, ontem, com líderes do Senado.