A presidente da República, Dilma Rousseff (PT), avaliou nesta terça-feira, 27, que o País necessita ter cada vez mais trabalhadores qualificados para que o quadro de emprego continue evoluindo no Brasil. “Hoje o Brasil tem uma das menores taxas de desemprego do mundo, 5,6% medido em julho. Precisamos ter cada vez mais qualificação no trabalho”, disse.

Segundo ela, de hoje em diante as oportunidades profissionais surgirão para aqueles com melhor formação. “Sabemos que o trabalho não especializado tem limite. A partir desse limite, precisamos de trabalho especializado. Por isso fizemos o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico)”, afirmou a presidente durante cerimônia de formatura de cerca de 2.600 alunos do programa. “O Pronatec é uma ponte entre a necessidade de trabalho qualificado e a necessidade de o jovem ter emprego. É esse o conflito que o Pronatec resolve”, explicou.

As declarações foram dadas durante a solenidade de formatura de alunos do Pronatec em Belo Horizonte (MG). Ao seu lado estavam o prefeito da capital mineira, Márcio Lacerda (PSB), o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, entre outros.