A presidente Dilma Rousseff nomeou o jurista Américo Lourenço Masset Lacombe para integrar a Comissão de Ética Pública da Presidência da República. A designação foi publicada na edição desta quinta-feira do Diário Oficial da União.

Lacombe já deve participar da próxima reunião da comissão, marcada para a segunda-feira. Ele assume o lugar de Hermann Assis Baeta, que estava vago desde maio do ano passado. O mandato é de três anos.

A expectativa é a de que, na reunião de segunda-feira, o conselheiro Fábio Coutinho apresente relatório sobre o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, que tem sido alvo de denúncias por conta de contratos assinados pela sua empresa de consultoria.