O clima esquentou nesta quinta-feira (24) entre os deputados paranaenses Fernando Francischini (PSDB-PR) e Dr. Rosinha (PT-PR) durante a CPI do Cachoeira. O bate boca começou depois que o tucano fez comentários irônicos sobre o relator da CPI, Odair Cunha (PT-MG) durante o depoimento do ex-vereador de Goiânia, Wladimir Garcêz.

Francischini afirmou que Odair Cunha estaria privilegiando o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT-DF), prejudicando, assim, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB – GO).

Durante o acesso de fúria, Francischini disse que Cunha se comportava feito “tchutchuca” quando se tratava de Queiroz e que nem “trigão” com Perillo. Após a interferência do psdbista, Dr. Rosinha afirmou que existem deputados que usam as sessões para aparecer na mídia.

Ainda com os ânimos exaltados, o deputado Francischini se levantou e disse ao colega petista: “você quer me enfrentar?”, precisando, depois, ser acalmado pelo senador Alvaro Dias (PSDB-PR) e o deputado Rubens Bueno (PPS-PR).