Divulgação
Matéria passa em primeira discussão.

Os deputados estaduais aprovaram na sessão de ontem a equiparação do piso salarial dos professores da rede estadual de educação básica do Paraná ao salário inicial dos agentes profissionais (nível superior) do quadro próprio do Executivo. A proposta garante 0,6% de reajuste retroativo a maio e mais 3,94% em outubro.

De acordo com o projeto, que passou em primeira discussão com 43 votos favoráveis e nenhum contrário, a equiparação é decorrente do reajuste do piso nacional da categoria. Na mensagem enviada ao Legislativo, o Executivo destaca que “o piso nacional (R$ 1.567,00) ficou acima do salário do nível especial I, classe 1, que é de R$ 1.462,92”. E explica que, em consequência, além da revisão geral anual de 6,49% -aprovada recentemente na Assembleia, é necessário o aumento diferenciado para os professores de mais 0,6%, retroativo também a maio.

Carreira

O deputado Ademar Traiano (PSDB), líder do governo na Casa, afirmou que, com os novos índices, o aumento salarial aplicado neste ano para os professores atingirá 11,35%. “Pela primeira vez na história do magistério estadual os professores concursados passam a ingressar na carreira com salário inicial igual aos demais servidores com nível superior de outras áreas do Executivo”, comentou.