Foto: Chuniti Kawamura

Taniguchi: temporário.

O suplente de deputado federal Luciano Pizzatto (DEM) irá assumir uma vaga na Câmara dos Deputados. Pizzatto vai substituir o deputado Alceni Guerra (DEM), que foi convidado a assumir a Secretaria da Educação do Distrito Federal. É o segundo paranaense que passa a integrar o governo de José Roberto Arruda (DEM).  

O primeiro foi o ex-prefeito de Curitiba Cassio Taniguchi, que trocou o mandato pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente do governo Arruda, dois dias depois de tomar posse na Câmara dos Deputados, em fevereiro deste ano.

A posse de Pizzatto ainda não tem data marcada, porque o DEM está em plena disputa com a bancada do PSDB pela liderança da minoria na Câmara.

Para dar a vitória ao DEM, Taniguchi irá reassumir sua cadeira por alguns dias, somando 60 deputados para o DEM contra 59 do PSDB.

O atual suplente de Taniguchi é Airton Roveda, filiado ao PTB. Nessa operação, também ficaria adiada a posse de Guerra no governo do Distrito Federal. A eleição do líder da minoria é definida pelo tamanho das bancadas dos partidos que compõem o bloco. 

A maior bancada indica o líder. O DEM deverá indicar André de Paula (DEM-PE) para líder da minoria, destituindo o tucano Zenaldo Coutinho (PA).

Foto: Agência Câmara
Guerra: secretário.

A convocação de Taniguchi é conseqüência das desavenças entre as duas principais legendas de oposição – DEM e PSDB -, que teve mais um capítulo nesta semana, com a filiação do deputado Gervásio Silva (SC), ex-DEM, ao PSDB.

Com essa troca, o DEM passou a ter 59 deputados, empatando com os tucanos na disputa pelo comando da oposição na Câmara.

Pizzatto já exerceu três mandatos de deputado federal e um na Assembléia Legislativa do Paraná. Na eleição do ano passado, ficou como segundo suplente da coligação (PFL-PPS).

Com a saída de Guerra e o retorno de Taniguchi ao governo do DF, Roveda, que foi eleito pelo PPS mantém-se na Câmara e abre espaço para o segundo suplente.