Saudado de pé por companheiros petistas como líder popular, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares participou hoje de seu primeiro compromisso político, uma semana após ter sido anistiado pelo Diretório Nacional do partido. Mais de 200 pessoas compareceram à homenagem a Delúbio, no Centro de Catequese da Paróquia Nossa Senhora Abadia, em Buriti Alegre, a 150 quilômetros de Goiânia.

A festança foi organizada pelo PT municipal com a ajuda de empresários e do prefeito de Buriti Alegre, o petista João Alfredo Mello Neto. Ao chegar para o churrasco, pouco antes do meio dia, Delúbio foi tratado como celebridade. Calorosamente recebido por 14 prefeitos da região, correligionários, amigos e parentes, ele distribuiu abraços, beijos, tapinhas nas costas, posou para fotos e até deu autógrafos.

“Delúbio tem uma aceitação muito grande, trouxe muitos benefícios para a cidade e devemos muito a ele”, disse o presidente da Câmara Municipal de Buriti Alegre, Elcimar Juvêncio (PT). “Queremos vê-lo como o próximo prefeito da cidade.”

Expulso do PT em 2005, no rastro do escândalo do mensalão, Delúbio ganhou o perdão da cúpula do partido no último dia 29. Embora ainda não tenha revelado seu projeto político, amigos dizem que ele pode ser candidato a prefeito de Buriti Alegre, sua cidade natal, nas eleições de 2012. Adversários, no entanto, afirmam que, se esse projeto vingar, Delúbio será barrado pela Lei da Ficha Limpa.