A vantagem da candidata do PT à sucessão presidencial, Dilma Rousseff, oscilou de 10 para 11 pontos porcentuais sobre seu adversário José Serra (PSDB). Pesquisa Datafolha divulgada hoje e encomendada pela Rede Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo mostra a petista com 49% das intenções de voto e o tucano com 38%. No levantamento anterior, divulgado no dia 22, Dilma tinha 50% e Serra, 40%. O total de eleitores que dizem votar em branco ou nulo passou de 4% para 5%, e os que se consideraram indecisos oscilou de foi de 6% para 8%.

Se considerados apenas os votos válidos, a vantagem da petista sobre o tucano se manteve em 12 pontos porcentuais. Na pesquisa de hoje, Dilma aparece com 56% e Serra tem 44%, as mesmas porcentagens da mostra anterior. Na análise por região, a candidata do PT vence com folga o adversário no Nordeste (64% a 27%) e tem vantagem de 4 pontos porcentuais no Sudeste (44% a 40%). No Sul, o tucano oscilou dois pontos porcentuais negativamente, mas se mantém à frente da petista (48% a 41%).

A pesquisa mostra ainda que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva atingiu seu recorde de aprovação no Datafolha: 83% dos eleitores avaliam a sua administração como ótima ou boa. Os eleitores que consideram o governo Lula regular somaram 13% e os que dizem que ele é ruim ou péssimo é de 3%.

A pesquisa Datafolha entrevistou 4.066 eleitores em 246 municípios do País. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos. A mostra está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo nº 37.404/2010.