O depoimento do empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC, à CPI da Petrobras na Câmara não ocorrerá nesta quarta-feira, 9, como estava previsto inicialmente. Uma nova data ainda não foi divulgada.

Segundo a assessoria do presidente da comissão, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), o juiz federal Sérgio Moro não concedeu a autorização necessária para que Pessoa se deslocasse para a Brasília por causa da sucessão de feriados desta semana. Além do feriado de Sete de Setembro, na última segunda-feira, em Curitiba a terça-feira, 8, também foi de descanso graças à Nossa Senhora da Luz dos Pinhais.

A próxima reunião da CPI está marcada para esta quinta-feira, 10, mas ainda não há definição se a sessão será deliberativa ou de depoimentos.