O vice-presidente José Alencar já está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, onde foi submetido a uma cirurgia para desobstrução intestinal detectada no último dia 23. Segundo o boletim médico divulgado às 14h55, o procedimento durou cinco horas, tendo iniciado às 8h30 desta manhã.

A cirurgia foi “para tratamento de obstrução intestinal e enterorragia decorrentes de nódulos tumorais”, segundo o boletim. A nota diz ainda que a cirurgia atingiu seus objetivos por meio de “ressecção do principal segmento do intestino comprometido [delgado]”. Ou seja, além da obstrução causada pelo câncer contra o qual o vice-presidente luta há dez anos, havia também uma hemorragia no intestino. O quadro foi resolvido com a retirada da porção atingida pelo problema.

Os médicos que conduziram a cirurgia foram Raul Cutait e Ademar Lopes. Eles concederão uma entrevista coletiva amanhã (28), às 10h30, para detalhar o procedimento e falar do estado de saúde de Alencar.