O prefeito de Curitiba, Cássio Taniguchi (PFL), deve anunciar ainda esta semana o nome do novo secretário de Finanças. Desde o final do mês passado a pasta está sendo ocupada pelo superintendente da Secretaria de Finanças, João Luiz Marcon, depois que Dinorah Nogara pediu exoneração.

Além disso, o prefeito também poderá anunciar uma outra mudança. Depois de alguns atritos entre vereadores e o secretário de Governo, Lindolfo Zimmer, ele poderá ser transferido para a pasta de Finanças. Outro nome cotado para substituir Dinorah é Washington Moreno, assessor do presidente da Câmara Municipal, João Cláudio Derosso. A Prefeitura, no entanto, não confirma nenhuma das duas hipóteses.

O descontentamento da base de apoio de Taniguchi com os trabalhos de Zimmer foi denunciado pelo vereador José Aparecido Alves, o Jotapê (PSB). Na semana passada ele afirmou que está pensando em se tornar independente, porque não estaria sendo bem tratado pelo secretário. “Estou insatisfeito não com o prefeito mas com o secretário do governo. Todos os pedidos que eu levo ele empurra com a barriga. Tudo está centralizado nele, está nas mãos dele. É muito poder para um homem só”, opinou.

Jotapê afirmou ainda que a insatisfação não é apenas dele, e que outros vereadores também têm reclamado. “Ou o prefeito toma ciência do que está acontecendo ou daqui a pouco ele não terá mais maioria na Câmara”, contou.