Assim como no Senado, o plenário da Câmara dos Deputados, hoje, dia do primeiro jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo, ficou praticamente vazio. Cerca de 20 deputados apareceram para homenagear os 102 anos da imigração japonesa no Brasil. Às 14h, a sessão ordinária será encerrada.

O presidente em exercício, deputado Marco Maia (PT-RS), convocou sessão extraordinária para 18h30 para discutir as Medidas Provisórias (MPs) que estão na pauta, mas tudo indica que não haverá quorum para abrir a sessão.

Amanhã, o líder do governo, deputado Candido Vaccarezza (PT-SP), pretende votar as cinco MPs que estão trancando a pauta. Entre elas, a MP 483, que mexe na estrutura administrativa da Presidência da República, e a 484, que reforça o repasse de recursos para educação.