A Câmara Municipal de Curitiba aprovou, ontem, em primeiro turno, resolução que altera o seu regimento interno. Entre as mudanças está o uso da palavra pela liderança da oposição, por cinco minutos, na parte final do Grande Expediente, da mesma forma que já era destinado à liderança do Prefeito.

“É uma grande conquista da oposição, que agora terá maior representatividade, podendo qualificar os debates, dado o desequilíbrio que temos na quantidade de parlamentares das duas bancadas”, diz o líder da oposição, vereador Jonny Stica (PT).