O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira, 24, a votação em regime de urgência do pacote das medidas de combate à corrupção aprovado nesta madrugada na comissão especial. A urgência foi aprovada por 312 votos sim, 65 contrários e duas abstenções.

Em seguida, o presidente da sessão, deputado Beto Mansur (PRB-SP), anunciou que entraria na votação de mérito da matéria, mesmo sob protesto de alguns parlamentares.

Neste momento está sendo votado um requerimento para que todas as votações do pacote sejam nominais, identificando o voto de cada parlamentar. No início da tarde, havia uma articulação para que as votações fossem simbólicas.