Por vinte votos a oito, a Câmara Municipal de Curitiba aprovou ontem, em primeiro turno, as contas da Prefeitura referentes ao exercício de 1999, relativo ao primeiro mandato do prefeito Cássio Taniguchi (PFL). Também foram aprovadas as contas do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (IPPUC), Instituto Municipal de Administração Pública (IMAP), Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Curitiba (IPMC), Fundação Cultural de Curitiba, Fundo Municipal da Cultura (FMC), Fundação de Assistência Social (FAS), Fundo Municipal de Apoio ao Deficiente (FMAD), Fundo Municipal de Ação Social (FMAS), Fundo Municipal de Habitação (FMH), Fundo de Abastecimento Alimentar de Curitiba (FAAC), Fundo Municipal do Meio Ambiente (FMMA), Fundo Municipal para Criança e o Adolescente (FMCA) e Fundo Municipal de Saúde (FMS)

O bloco de oposição, que votou contra a prestação de contas, questionou principalmente a falta das contas da Urbs, que não constam do relatório enviado à Câmara.