enkontra.com
Fechar busca

Política

Beto Richa cria secretaria contra o tráfico

  • Por Jornalista Externo

Foto: Anderson Tozato

O prefeito Beto Richa e Derosso: abertura dos trabalhos do legislativo municipal.

O prefeito Beto Richa (PSDB) anunciou ontem, na abertura dos trabalhos de 2008 da Câmara Municipal de Curitiba, a criação de uma secretaria especial antidrogas, com o objetivo de reduzir os números de homicídios e outros crimes ligados ao tráfico de drogas.

A secretaria, que será oficializada na quinta-feira, será comandada pelo conhecido delegado da Polícia Federal Fernando Francischini, cedido pelo Ministério da Justiça, e terá a missão de coordenar um trabalho articulado com as demais secretarias para prevenir o tráfico de drogas.

Richa, que defendeu em seu discurso na Câmara uma participação maior dos municípios na gestão da segurança pública (função constitucional dos estados), disse que, perante os grandes índices de homicídios atualmente registrados em Curitiba, a Prefeitura também deveria tomar uma ação. ?Segurança é uma atribuição constitucional do governo do Estado, mas a Prefeitura fará sua parte para reduzir os índices alarmantes de violência. E criamos essa secretaria porque sabemos que as drogas são a base de grande parte dessa criminalidade?, destacou.

O prefeito fez questão de enfatizar que a nova secretaria não se responsabilizará por atribuições do estado. ?A secretaria tem função preventiva e não repressiva, até porque não temos poder de polícia. A secretaria funcionará em parceria com o outras secretarias e, também com os governos federal, por meio da Polícia Federal, e do estado, com a Polícia Militar e Polícia Civil?, explicou. ?Acredito que com o trabalho de um dos principais quadros da Polícia Federal (Francischini) e com as idéias que temos para a secretaria avançaremos muito no combate às drogas?, concluiu.

O futuro secretário explicou como pretende atuar. ?Vamos trabalhar principalmente com crianças e jovens, disputando seu tempo e atenção, oferecendo projetos com atividades interessantes, para cortar o fluxo financeiro do tráfico?, explicou. ?Nós vamos disputar os meninos com o tráfico e vamos vencer esta luta. Em um ano, teremos uma resposta positiva na redução de homicídios na capital. O importante é que todos entendam que este projeto não tem um caráter político-partidário. Trata-se de um trabalho técnico, que só vai funcionar com o apoio de todos?, reforçou, destacando a importância das parceiras com a Secretaria Estadual de Segurança e com as prefeituras da Região Metropolitana de Curitiba. A Secretaria Estadual de Segurança informou que não se pronunciará sobre a nova secretaria da prefeitura de Curitiba.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas