Beto, com Valdenir, no comício:
apoio evangélico.

O candidato a prefeito de Curitiba Beto Richa (PSDB) e seu vice, Luciano Ducci (PSB), cumpriram anteontem à noite uma apertada agenda de campanha. Beto se encontrou com a população em três eventos – no centro da cidade, Alto Boqueirão e Cajuru. Ducci participava de outros três compromissos, no Pinheirinho, Sítio Cercado e Batel.

O maior evento aconteceu na Boca Maldita, no centro da cidade, onde aconteceu o Show Gospel. Um público estimado em vinte mil pessoas participou da festa, organizada pelo pastor Valdenir Soares, da Igreja Universal do Reino de Deus, com o apoio do Movimento Gospel de Curitiba em prol da candidatura de Beto Richa. Os vereadores Jonatas Pirkiel (PL), Elias Vidal (PFL) e Jorge Bernardi (PDT), o deputado Neivo Beraldin (PDT), o senador Alvaro Dias (PSDB) e líderes de igrejas participaram do evento.

O pastor Valdenir Soares abriu o evento pedindo que os evangélicos ajudem Curitiba a eleger um prefeito que respeita os evangélicos. “A administração de Beto será próxima das igrejas. Ele demonstra em seu dia-a-dia que nos respeita. Já existe uma empatia”, disse. Beto disse estar sensibilizado com o apoio da comunidade evangélica de Curitiba e agradeceu as orações recebidas. “Eu me sinto revigorado para enfrentar o trabalho nesta campanha”, comentou.

Comício

O candidato falou ainda do resultado da pesquisa Ibope, divulgada na noite de anteontem, que o coloca oito pontos à frente de Angelo Vanhoni. “Isso é resultado de uma campanha de propostas viáveis, que envolve pessoas sérias”, disse. Para Beto Richa, seu crescimento se deve ao corpo-a-corpo intensificado ao longo da campanha, ouvindo a população nos 75 bairros da cidade. Beto reafirmou ainda seu compromisso de criar a Coordenadoria e Ouvidoria Evangélica.

No Alto Boqueirão, Beto Richa participou de um comício organizado pelo senador Osmar Dias (PDT-PR), no Conjunto Érico Veríssimo. Cerca de 5 mil pessoas cantaram e dançaram ao som do trio-elétrico Canibal, do conjunto Guatupê e Guaratuba e da banda Álcool Mais. O comício reuniu o senador Osmar Dias e o deputado estadual Agustinho Zucchi (PDT).

Beto Richa disse ter certeza de que poderá dar as respostas que a população necessita e que será um prefeito responsável, com ações de resultado e respeito às pessoas. Ele ressaltou que tem ao seu lado pessoas de bem, ao contrário de seu adversário, “que é apoiado por políticos que iludiram o povo brasileiro”.

No Cajuru, Beto Richa se reuniu com mais de 5 mil pessoas, durante comício no Parque dos Peladeiros, no Conjunto Solitude. O deputado federal Gustavo Fruet (sem partido); o deputado estadual Neivo Beraldin; o presidente da Social Democracia Sindical (SDS), Paulo Rossi; e o presidente da Federação das Associações de Moradores de Curitiba e Região Metropolitana, João Pereira, participaram do comício.

Já Luciano Ducci participou de dois jantares com a comunidade gaúcha, no Pinheirinho, e com representantes de creches conveniadas e ONGs, no Comitê Amigas de Curitiba. Ducci esteve também no Circo Hermanos Rodriguez, no Sítio Cercado.

Entidades sociais fechamcom tucano

A uma semana da eleição, cabos eleitorais de Beto Richa e Luciano Ducci fizeram, na Rua XV, no centro de Curitiba, várias manifestações. Trabalhadores, crianças, clientes e lojistas que estavam no centro da cidade manifestaram seu apoio ao candidato. No dia anterior, Beto Richa recebeu o apoio de 110 entidades sociais que atendem pessoas em situação de risco social e pessoal na capital.

O evento reuniu mais de 200 pessoas e contou com a presença do candidato a vice, Luciano Ducci, que afirmou ser de extrema importância essa manifestação de confiança na proposta da coligação: “Vamos estabelecer com as Organizações Não-Governamentais uma parceria valorosa para a implantação dos projetos sociais que a cidade de Curitiba precisa. Por conhecermos a administração, temos mais condições de manter, melhorar e ampliar o que está funcionando”.

Participaram do evento entidades que mantêm representantes nos conselhos municipais da Criança e Adolescente.