enkontra.com
Fechar busca

Política

Polêmica (de novo)

Após fala preconceituosa de Bolsonaro, sambista Alcione defende nordestinos e pede respeito

  • Por Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta sexta-feira, 19, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e orientou o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, a “não dar nada” a ele. A conversa foi captada por microfones segundos antes de Bolsonaro sentar à mesa com jornalistas de veículos estrangeiros, recebidos em café da manhã no Palácio do Planalto.

“Daqueles governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada para esse cara”, afirmou o presidente, sem saber que estava sendo gravado. Procurados, o Palácio do Planalto e a Casa Civil não quiseram comentar o episódio. O áudio foi captado pela TV Brasil, emissora pública ligada ao governo, que transmitiu o café da manhã na íntegra. Há trechos inaudíveis da conversa e não é possível entender o contexto.

A sambista Alcione, que é do Maranhão, publicou um vídeo neste sábado pedindo mais respeito a Bolsonaro. Veja abaixo.

Em carta divulgada na noite desta sexta, governadores do Nordeste consideram a fala uma forma de retaliação. Em nota distribuída pela assessoria de Dino, eles afirmam que receberam “com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional”.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

“Nós governadores do Nordeste, em respeito à Constituição e à democracia, sempre buscamos manter produtiva relação institucional com o Governo Federal. Independentemente de normais diferenças políticas, o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população”, diz a nota.

Em sua rede social, Dino sugere que Bolsonaro cita Paraíba para se referir a todos os nordestinos, o que não fica claro no trecho em que é possível ouvir a conversa. O termo “paraíba” é uma forma pejorativa usado principalmente no Rio para se referir a migrantes nordestinos. “Parece chamar todos os nordestinos de “paraíba” e me ameaça, com estranha raiva. Lamento e espero explicações, pois isso é algo realmente inédito e incompatível com a Constituição”, diz o governador do Maranhão.

Bolsonaro tem viagem prevista para o Nordeste na próxima semana. Ele participará da inauguração de um aeroporto em Vitória da Conquista, na Bahia.

‘Tenho orgulho de ter feito Bruna Surfistinha’, diz atriz após fala de Bolsonaro

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

51 Comentários em "Após fala preconceituosa de Bolsonaro, sambista Alcione defende nordestinos e pede respeito"


Mário
Mário
27 dias 23 horas atrás

Ela tem orgulho do Maranhão , mas pq mora no Leblon do Rio de Janeiro ?

Julio Cesar
Julio Cesar
28 dias 8 horas atrás

Pelotas é pólo exportador.
Mulherada militante do grelo duro,.
A companheira tem estudo, não é uma nordestina.
Do lado de lá ai podia né… Vai se cata mala sem alça.

Machado Machado
Machado Machado
28 dias 21 horas atrás

Exceto os índios, somos todos imigrantes! É muito mimimi, fodam-se!!!

Julio Cesar
Julio Cesar
28 dias 8 horas atrás

Eles também são, só chegarem primeiro. Não existe americano autóctone.

Tom Redblack
Tom Redblack
28 dias 21 horas atrás

Petralhadabhurra, o cara deu o nome aos bois e não generalizou, tá enchendo osaco essa perseguição com o presidente, o cara tem os seus defeitos mas finalmente temos alguém pra enfrentar aputharia que tava instalada nesse país, engraçado, quando se roubava no passado tava tudo certo, vãoacubaquepari

Cristiano  Santos
Cristiano Santos
28 dias 21 horas atrás

Lamentável, não é postura de um presidente.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas