O fim do desfile do 7 de Setembro, em Brasília, foi marcado por um protesto contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Cerca de 100 manifestantes com gritos de “Fora, Sarney” e portando faixas e cartazes, romperam a barreira de segurança e chegaram perto do palanque principal, onde estavam os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Nicolas Sarkozy, da França. Em sua maioria estudantes, o grupo chegou a enfrentar os policiais e permaneceu no local até o fim do desfile, mas não chegou a interferir no evento. José Sarney não compareceu ao desfile.