Os pré-candidatos do PSDB à sucessão da Prefeitura de São Paulo José Aníbal e Ricardo Trípoli divulgaram carta aberta nesta quarta-feira, 29, na qual criticam o adiamento para o dia 25 de março das prévias da sigla. Encaminhada também à Executiva Municipal do PSDB, a carta cobra, ao mesmo tempo, a realização de pelo menos mais dois debates com a militância do partido.

No documento, os pré-candidatos do PSDB manifestam preocupação em torno da continuidade da eleição interna e afirmam que o partido se dirigia para um consenso de mudança da data para o dia 11 de março. “Na reunião de ontem, caminhava-se para o consenso: aceitaríamos o dia 11, tendo como contrapartida a realização de um grande debate entre os três pré-candidatos”, afirmam. “No entanto, uma proposta apresentada na última hora e levada imediatamente à votação resultou no adiamento para o dia 25, o que não havia sequer sido aventado antes”, acrescentaram.

A entrada do ex-governador de São Paulo José Serra na disputa à Prefeitura de São Paulo criou um racha na reunião da Executiva Municipal do PSDB, promovida na noite de ontem. Após uma discussão tensa, o comando municipal do PSDB adiou a eleição interna de 4 de março para 25 de março. Os integrantes do comando municipal do PSDB estavam próximos de um consenso em torno do dia 11 de março, mas o ex-governador de São Paulo propôs um novo adiamento para o dia 25 de março, o que foi acatado por 10 votos a 8. “Neste sentido, propomos que a Executiva Municipal do PSDB se comprometa com a realização de, ao menos, dois debates com a militância do partido”, cobram os pré-candidatos. “Nós precisamos manter a chama acesa entre os filiados”, acrescentam.