enkontra.com
Fechar busca

Política

Sob nova direção

Alto escalão do governo Ratinho Jr. vai saindo a ‘conta-gotas’

No aguardo de estudo que vai redesenhar Executivo estadual, Ratinho confirmou apenas três nomes pro mais alto escalão de seu governo

  • Por Euclides Lucas Garcia - Gazeta do Povo
Foto: Gazeta do Povo.

No aguardo da conclusão de um estudo da Fundação Dom Cabral que vai redesenhar a estrutura do Executivo estadual, o governador eleito Ratinho Junior (PSD) vai anunciando a conta-gotas os escolhidos para o primeiro escalão. A menos de 40 dias de assumir o mandato, ele confirmou apenas três indicados, para a Segurança Pública, Educação e Procuradoria Geral do Estado. Diante da escassez de nomes, a cena política local vai fazendo especulações na bolsa de apostas.

Veja os confirmados os cogitados para o governo Ratinho Jr.

Secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária – Luiz Felipe Kraemer Carbonell

General Carbonell, que já comandou as tropas no Paraná, será responsável pela Segurança Pública. Foto: Henry Milleo/Arquivo/Gazeta do Povo

General Carbonell, que já comandou as tropas no Paraná, será responsável pela Segurança Pública. Foto: Henry Milleo/Arquivo/Gazeta do Povo

General do Exército, Carbonell teria sido indicado a Ratinho pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Ele já esteve em missão no Haiti e atualmente é o chefe da Assessoria de Informações da Itaipu Binacional. Nasceu em 20 de setembro de 1955, em Porto Alegre (RS), e iniciou carreira no Exército em 1974, na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), no Rio de Janeiro. Tem MBA em Gestão de Projetos na Fundação Getulio Vargas e Gestão de Processos na Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Chefiou a 5ª Seção do Comando Militar do Oeste, em Campo Grande (MS), e foi subchefe do Centro de Comunicação Social do Exército em Brasília. Foi comandante do 14º Regimento de Cavalaria Mecanizada em Santa Catarina e comandante da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada no Mato Grosso do Sul. Em Curitiba, foi comandante da 5ª Região Militar e comandante da 5ª Divisão de Exército.

Secretário da Educação – Renato Feder

Ratinho confirma empresário Renato Feder como futuro secretário estadual da Educação. Foto: Divulgação/Ratinho Jr

Ratinho confirma empresário Renato Feder como futuro secretário estadual da Educação. Foto: Divulgação/Ratinho Jr

Feder era CEO da Multilaser até o início de novembro, quando teve o nome no secretariado confirmado por Ratinho. À frente da empresa, que atua no segmento de eletrônicos e informática e tem 3 mil funcionários, ele já vinha se dedicando à área da educação, por meio de patrocínios a feiras de Ciências. A Multilaser também tem financiado a ida de estudantes brasileiros para eventos no exterior. Ele é formado em Administração na FGV e tem mestrado em Economia na USP. Foi professor de Matemática por oito anos e professor de Economia no Mackenzie por quatro anos. Também foi diretor por oito anos do Colégio ALEF, escola de São Paulo sem fins lucrativos. Em 2017, Feder foi durante oito meses assessor voluntário da Secretaria da Educação de São Paulo.

Procuradora Geral do Estado – Leticia Ferreira da Silva

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Graduada em Direito pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), Leticia ingressou na Procuradoria Geral do Estado (PGE) em 1996. Já foi Procuradora-Chefe na Procuradoria Regional de Jacarezinho, Procuradora Regional de Maringá, Procuradora-Chefe da Procuradoria Regional de Londrina e responsável pela Coordenadoria da Dívida Ativa na Procuradoria Fiscal, em Curitiba. Atualmente é Procuradora-Chefe na Coordenadoria de Assuntos Fiscais, com atuação na área de projetos e coordenação da recuperação de créditos inscritos em dívida ativa e no contencioso fiscal. Além disso, participou como titular do Conselho Superior da PGE entre 2011 e 2013; integra o Grupo Permanente de Análise Legislativa desde 2017; e coordena o Grupo Estratégico de Recuperação de Ativos, criado em 2016.

Cotado para secretário da Casa Civil – Guto Silva

Aos 41 anos, exerce o primeiro mandato de deputado estadual pelo PSD − para o qual foi reeleito – e ocupa o cargo de 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa. Antes, foi vereador por um mandato em Pato Branco, entre 2009 e 2012. Nesse período, também coordenou o Centro de Desenvolvimento Tecnológico do Sudoeste e foi conselheiro do Banco de Desenvolvimento do Paraná (Badep). Em parte do primeiro mandato de Beto Richa (PSDB) à frente do governo do estado, foi subchefe da Casa Civil. É professor universitário e consultor internacional de empresas e do Sebrae-PR. Como empresário atua na área de comércio exterior. Tem pós-graduação em Gestão de Recursos Humanos, MBA em Gestão de Negócios pela FAE Business School e atualmente faz doutorado em Gestão de Negócios pela Universidad Nacional de Misiones (Argentina).

Cotado para secretário da Agricultura e Abastecimento – Valdemar Bernardo Jorge

Presidente estadual do PRB desde outubro do ano passado, atua na produção de soja no Oeste do Paraná e no Mato Grosso do Sul. É advogado formado pela PUC e bacharel em Informática pela UFPR. Desde 2002, é professor na Unicuritiba, onde leciona, entre outras disciplinas, Direito Agrário. Tem especializações em Direito Tributário e Empresarial pela PUC e mestrado em Direito Econômico e Social pela mesma instituição. Atualmente, integra o Instituto de Direito Tributário do Paraná e o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa. Comanda um escritório de advocacia com foco na área empresarial, em Curitiba.

Cotado para secretário de Infraestrutura e Logística – Sandro Alex

19-10-08_sandroalex191008Advogado formado pela UEPG, tem 45 anos e entrou na vida pública graças à trajetória como radialista em Ponta Grossa, onde a família é dona de duas emissoras (Mundi FM e Massa FM). É deputado federal desde 2011 e, na última eleição, foi reeleito para o terceiro mandato consecutivo, com 125 mil votos. Iniciou a vida político-partidária em 2007 no PPS e, desde 2016, está no PSD, a mesma legenda de Ratinho. O irmão de Sandro Alex, Marcelo Rangel (PSDB), é o atual prefeito de Ponta Grossa, onde exerce o segundo mandato seguido.

Cotado para secretário do Desenvolvimento Urbano – Marcio Nunes

Aos 52 anos, está no PSD e foi reeleito para o segundo mandato consecutivo de deputado estadual. Entre 1997 e 2000, foi vice-prefeito de Campo Mourão. Engenheiro agrônomo e produtor rural, foi chefe regional da Secretaria de Estado da Agricultura na região Noroeste; diretor administrativo e financeiro da Emater; e diretor-presidente do Instituto das Águas do Paraná.

Cotado para secretário da Chefia de Gabinete do Governador – João Carlos Ortega

Ex-vereador e ex-vice-prefeito de Jandaia do Sul, cidade natal de Ratinho, é o braço direito do governador eleito. Foi diretor-geral da Secretaria de Desenvolvimento Urbano na gestão de Ratinho e assumiu o comando da pasta por sete meses, quando o político do PSD voltou para a Assembleia Legislativa. É um dos cinco integrantes da equipe de transição e, como chefe de gabinete a partir de 2019, caberá a ele coordenar cada passo de Ratinho diariamente ao longo do mandato.

Cotado para secretária da Família e Desenvolvimento Social – Leandre Dal Ponte

Engenheira civil formada pela Universidade Positivo, é filiada ao PV e foi reeleita para o segundo mandato de deputada federal. Foi secretária da Saúde na prefeitura de Saudade do Iguaçu, entre 1997 e 2000. Neste mesmo ano, fundou a Casa de Apoio Ideal, que já acolheu mais de 200 mil pacientes do interior que vêm a Curitiba para tratamento de saúde. O projeto oferece alimentação, transporte e hospedagem a 400 pessoas por dia, em média.

Cotado para diretor-presidente da Sanepar – Norberto Ortigara

Foi o coordenador político da campanha de Ratinho. Acompanhava o ex-governador Beto Richa (PSDB) desde quando o tucano estava na prefeitura de Curitiba. Foi secretário municipal de Abastecimento e, depois, com a eleição de Richa para o governo do estado, assumiu a Secretaria da Agricultura, da qual é funcionário de carreira desde 1978. Em abril deste ano filiou-se ao PSD, partido de Ratinho, e foi cogitado para ser candidato a vice, vaga que ficou com Darci Piana.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Laudos provam que Edison Brittes teve ajuda pra carregar corpo de Daniel

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

5 Comentários em "Alto escalão do governo Ratinho Jr. vai saindo a ‘conta-gotas’"


Tiago Ribas
Tiago Ribas
2 meses 1 dia atrás

Nova máfia ou as mesma de sempre?

johan smith
johan smith
2 meses 1 dia atrás

Beto-Rato?..não creio.o povo vai apedrejar se empatar. Deus abençoe tuas escolhas, seu Massa!

johan smith
johan smith
2 meses 1 dia atrás

Beto-Rato?..não creio.o povo vai apedrejar se empatar. Deus abençoe tuas escolhas, seu Massa!

vanderlei ribeiro
vanderlei ribeiro
2 meses 1 dia atrás

ta com cara de ser um novo betinho

REINALDO  .
REINALDO .
2 meses 1 dia atrás

Porque o novo governador, não coloca pessoas da área em cada secretaria, esses favores saem caros.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas