O vice-presidente José Alencar recebeu alta, ao meio-dia, do Hospital Sírio-Libanês, onde estava internado desde sexta (1º).

Alencar sofre de câncer e iniciou o tratamento de um novo tumor abdominal com uma terapia também nova para ele, à base da medicação Trabectedina (Yondelis), segundo informou a assessoria de imprensa do hospital.

Alencar esteve sob os cuidados da equipe coordenada pelos médicos Paulo Hoff e Roberto Kalil.

Por conta da doença, contra a qual luta há quase dez anos, o vice-presidente já se submeteu a três cirurgias e foi internado diversas vezes para tratamento de rádio e quimioterapias.