enkontra.com
Fechar busca

Política

Encerramento

Associação fecha as portas após escândalo de corrupção no pedágio

Após escândalos envolvendo o pedágio no Paraná, ABCR afasta diretor detido em operação e encerra as atividades no estado

  • Por Redação
João Chiminazzo foi afastado do cargo de Diretor Regional da ABCR, que fechará as portas no Paraná. Foto: Anderson Tozato/Arquivo/Tribuna do Paraná
João Chiminazzo foi afastado do cargo de Diretor Regional da ABCR, que fechará as portas no Paraná. Foto: Anderson Tozato/Arquivo/Tribuna do Paraná

A Associação Brasileira de Rodovias (ABCR), que promove os programas de concessões de rodovias, encerrará as atividades de sua unidade no Paraná após os escândalos revelados pela Operação Integração II. A ação foi deflagrada pelo Ministério Público (MP-PR) do estado e pela Justiça Federal de Curitiba no último dia 26 de setembro, e o Diretor Regional da associação, João Chiminazzo, foi preso. Ele foi afastado do cargo.

Na ação, além de Chiminazzo, foram presos o irmão de Beto Richa, Pepe Richa, secretário de Infraestrutura e Logística do estado durante a gestão de Beto, Luiz Abi Antoun, primo do ex-governador, e outras 14 pessoas, incluindo diretores de empresas de pedágio. A operação investiga o pedágio no Paraná, com foco nos casos de corrupção ligados às concessões de rodovias federais no Paraná, que fazem parte do Anel de Integração.

Em nota, emitida nesta quarta-feira (3), a entidade reitera seu compromisso com a ética e com os valores republicanos, além de afirmar que vai colaborar para que as investigações apurem os fatos e que os possíveis culpados sejam punidos.

Confira a íntegra da nota da associação.

COMUNICADO

ABCR NACIONAL E A OPERAÇÃO INTEGRAÇÃO II CONDUZIDA PELO MP DO PARANÁ

A ABCR nacional vem a público comunicar que, após a operação Integração II, realizada em 26 de setembro de 2018, pelo Ministério Público Federal do Paraná e 23ª Vara Federal de Curitiba, adotará as seguintes providências:

• Afastamento do diretor regional do Paraná e sua secretária, citados na operação Integração II, de suas funções dentro da associação, para que ambos se dediquem às suas respectivas defesas.

• Encerramento das atividades da regional do Paraná.

• Apuração de todos os fatos descritos pelo Ministério Público Federal.

• Contribuição irrestrita com as investigações.

A partir de 2016, a ABCR aprimorou suas políticas e procedimentos internos de Governança:

• Atualização do Código de Conduta e lançamento do Canal de Ética.

• Condução de diálogo sempre transparente e republicano com os poderes concedentes.

• Apresentação da proposta “Novos Caminhos para Concessões de Rodovias no Brasil” com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento do programa de concessões de rodovias.

Em maio de 2018, após a operação Integração I, contratou investigação independente, que se encontra em andamento.

A ABCR é uma entidade com presença em doze estados e formada por 59 concessionárias associadas, com mais de 20 anos de atuação na defesa e promoção do programa de concessões de rodovias.

A ABCR, como instituição, não participou e não participará de qualquer iniciativa não republicana, que comprometa o desenvolvimento sustentável do programa de concessões de rodovias, baseado no diálogo aberto, transparente e ético com poderes concedentes, órgãos de controle, agências reguladoras e parlamentares.

Tal postura é reforçada pelo Código de Conduta da associação, que norteia a atuação de seus funcionários e associados, no relacionamento com parceiros, fornecedores e poder público.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CONCESSIONÁRIAS DE RODOVIAS – ABCR

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Advogado dá golpe de R$ 300 mil em clientes de Curitiba e some com a grana

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

1 Comentário em "Associação fecha as portas após escândalo de corrupção no pedágio"


Oscar Aglio
Oscar Aglio
10 meses 14 dias atrás

É sempre assim: quando a carniça cheira muito mal, nem os abutres querem ela…

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas