Policiais militares do Grupamento de Policiamento de Estádios do Rio de Janeiro (Gepe) realizaram hoje (3) um treinamento para lidar com distúrbios civis que possam ocorrer durante os Jogos Panamericanos de 2007.

Segundo o comandante do Gepe, major Marcelo Pessoa, sua unidade foi instruída pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar sobre a forma de atuar em momentos de conflito generalizado, como revoltas populares.

O Gepe é o grupamento responsável pela segurança dos estádios de futebol do Rio de Janeiro, como o Maracanã. ?Meus policiais têm noção de uma pequena briga entre torcidas, mas não de um tumulto generalizado. E eu quero estar preparado para tudo, com o grupamento pronto até para atuar em caso de terrorismo. A gente tem que estar preparado para o que der e vier?, explicou Pessoa.

De acordo com o comandante do Gepe, os policiais também receberão treinamento para lidar com possíveis ações terroristas durante os jogos que acontecem na cidade do Rio de Janeiro, entre 13 e 29 de julho de 2007.

Ele informou que já recebeu instruções do consulado dos Estados Unidos em relação a atos terroristas e repassará aos 70 homens que compõem a unidade.

O major disse que a Polícia Militar do Rio ainda não definiu como será a atuação do Gepe.