Toda a polícia do Estado está mobilizada, na tarde desta quinta-feira, na busca de 25 ônibus de sacoleiros que tentaram fugir de uma blitz realizada pela Receita Federal para evitar que mercadorias contrabandeadas do Paraguai entrassem ilegalmente no país.

Por volta do meio-dia, 40 ônibus que viajavam em comboio, percebendo o movimento da fiscalização no posto da Polícia Rodoviária Federal em Santa Terezinha, dispersaram-se e tomaram estradas alternativas.

Segundo o chefe de Operações da Polícia Rodoviária Estadual, tenente Sheldon Vortolin, seis ônibus foram detidos na rodovia PR-488, em Santa Helena. Revoltados e negando-se a entregar as mercadorias, os passageiros atearam fogo a dois deles. No posto de Toledo, na PR-585, foram apreendidos mais cinco ônibus, dos quais dois também foram queimados pelos passageiros. Há muito tumulto no local, mas ninguém ficou ferido.

Alguns ônibus estão sendo vistoriados pela Receita Federal de Cascavel e outros foram encaminhados para Foz do Iguaçu. De acordo com o tenente Vortolin, os nomes dos passageiros estão sendo anotados para instauração de processo criminal por descaminho.