O comandante geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Eliseu Ecler, garantiu que todo o efetivo da Polícia Militar disponível estará nesta segunda-feira (07) nas ruas para garantir que os cidadãos consigam ir ao trabalho e à escola com tranqüilidade. Ele também pediu para que a população mantenha a rotina como sempre.

Ecler afirmou à rádio Eldorado que viaturas da Polícia Militar e da Guarda Civil Metropolitana (GCM) também reforçarão os principais corredores e terminais de ônibus da capital. "A polícia vai estar presente como sempre esteve. Esse é o nosso compromisso. É o meu compromisso como comandante", afirmou. O comandante também pediu à população que denuncie ações criminosas pelos telefones 181 ou 190.

Desde a madrugada de hoje, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) já registrou 27 ataques criminosos em São Paulo atribuídos ao Primeiro Comando da Capital (PCC). Até as 16 horas haviam sido presos cinco suspeitos, dos quais quatro foram indiciados e liberados. Duas pessoas suspeitas de participar das ações criminosas foram mortas em confronto com a polícia.

Foram registrados dois ataques contra viaturas da Polícia Civil, um contra a Guarda Civil Metropolitana (GCM), outro ao prédio do Ministério Público do Estado e também à Secretaria da Fazenda. Os criminosos também promoveram dez ataques a agências bancárias e caixas eletrônicos, cinco ataques a ônibus, três a postos de gasolina, dois a revendedoras de veículos, um a supermercado, além de um trem do metrô que foi atacado no pátio de manobra.