Homens da tropa de choque da Polícia Militar e agentes de segurança frustraram nesta segunda-feira (9) uma tentativa de fuga armada por presos da Penitenciária 1 de Presidente Bernardes, no interior de São Paulo. Numa blitz encomendada pela direção do presídio depois de receber informações sobre o plano, 90 homens da PM e mais de 50 agentes descobriram um túnel com sete metros de profundidade que levaria os detentos até uma galeria subterrânea que supostamente existe sob as celas da prisão.

O túnel foi descoberto na cela 89 do pavilhão 2 e seguia sete metros abaixo, ao contrário da maioria dos túneis que vão em sentido ao lado externo das penitenciárias. A existência de uma tubulação com diâmetro superior a 1 metro e 60 centímetros, que os presos dizem existir sob o piso da P-1 de Bernardes, é vista como uma lenda pelos diretores do presídio. No entanto, detentos ouvidos nesta segunda-feira afirmaram que faltavam menos de três metros para que o túnel chegasse a tais galerias. Além do túnel, os PMs e agentes e apreenderam nove celulares, baterias, fones de ouvido, estiletes e 71 papelotes de maconha.