O piloto francês Eric Aubijoux, de 42 anos, morreu neste sábado durante o Rally Dakar, ao sofrer uma parada cardíaca. Aubijoux pilotava sua moto na penúltima etapa da competição, no trajeto entre as cidades senegalesas de Tambacounda e Dakar, quando se sentiu mal e teve um enfarte. O francês, que participava pela sexta vez do rally, foi a segunda vítima fatal da edição de 2007.

Na história do Rally Dakar, 51 pessoas morreram. Apesar da nota triste, o sábado foi bom para o competidor brasileiro André Azevedo, que venceu a 14.ª etapa na categoria motos. "Estou bastante feliz e orgulhoso", disse Azevedo, também primeiro em uma etapa de 2005. Ele completou o percurso especial (trecho cronometrado) com o tempo de 2h37min46s.

Na classificação geral, Azevedo está em 25.º. O francês Cyril Despres, primeiro nas motos, ficou em 5.º na etapa deste sábado e aumentou sua vantagem para o segundo colocado, seu compatriota David Casteu.

Nos caminhões, André Azevedo fez o terceiro melhor tempo do dia, fechando o trecho em 3h03min16s. O vencedor da etapa foi o trio liderado pelo francês Philipe Jacquot, que cravou a marca de 2h53min44s, seguido do checo Ales Loprais. Com isso, o brasileiro segue na quinta colocação geral.

Já nos carros, o vencedor foi o espanhol Carlos Sainz, em 2h21min02. Klever Kolberg e Eduardo Bampi chegaram em 12.º (2h29min44s) e estão em 57.º, na classificação geral. Paulo Nobre marcou o 24.º tempo, enquanto a dupla Riamburgo Ximenes e Lourival Roldan chegou em 36.º.