O técnico Jair Picerni mostrou, hoje, que não gostou nem um pouco do desempenho do Palmeiras na sua reestréia no comando – derrota para o Paraná por 4 a 2, no domingo, em Curitiba.

No treinamento coletivo realizado pela manhã, na Academia de Futebol, Picerni resolveu fazer cinco mudanças na equipe titular e ensaia uma troca geral para a partida contra o Fortaleza, amanhã, no Palestra Itália, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para começar, o técnico tirou Marcos e devolveu a posição de titular no gol para Diego Cavalieri, que defendeu a meta palmeirense na maior parte da competição.

No trio de zaga, Dininho se recuperou de vez de uma contusão e ganhou a vaga de Daniel. Na ala direita, Paulo Baier volta de suspensão e entra no lugar de Amaral.

Na esquerda, Picerni aposta em Márcio Careca, que não joga há mais de cinco meses. Para completar, o Palmeiras deverá jogar com apenas um volante de marcação (Francis), já que o meia William atuou no coletivo na posição antes ocupada por Wendel.

As mudanças promovidas por Jair Picerni são uma tentativa de levantar a equipe, que vem de quatro derrotas seguidas (Vasco, Corinthians, Goiás e Paraná) e está numa situação muito incômoda na tabela de classificação.

Com 37 pontos, o Palmeiras ocupa atualmente a 15ª colocação e está apenas três pontos na frente da Ponte Preta, o primeiro time a figurar na zona de rebaixamento – os outros são Fortaleza São Caetano e Santa Cruz.

A equipe que deverá começar jogando amanhã é: Diego Cavalieri; Alceu, Nem e Dininho; Paulo Baier, Francis, William, Juninho Paulista e Márcio Careca; Edmundo e Enílton.