O norte-americano Michael Phelps igualou o recorde do australiano Ian Thorpe de seis medalhas de ouro no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, e pode chegar a oito amanhã, no último dia de provas na Rod Laver Arena, em Melbourne, Austrália. As disputas começam às 6 horas (horário de Brasília), com transmissão da SporTV.

O maior adversário de Phelps não deverá ser nenhum atleta, mas o cansaço de quem já entrou na piscina 15 vezes para disputar eliminatórias e finais do Mundial. Para piorar, o novo fenômeno da natação teve muito trabalho para superar o compatriota Ian Crocker na final dos 100 metros borboleta.

Phelps chegou a ficar atrás do adversário durante boa parte da prova e ganhou na última braçada, com o tempo de 50s77. Crocker ficou com a prata, com 50s82, e o venezuelano Albert Subirats com o bronze, marcando 51s82.

Revezamento

No revezamento 4×100 medley feminino, a equipe australiana estabeleceu nova marca. Emily Seebohm, Leisel Jones, Jessicah Schipper e Libby Lenton completaram a prova em 3min55s74, superando os 3min56s30 marcado por nadadoras do mesmo país, em março de 2006. As norte-americanas, que reverenciaram as novas recordistas na cerimônia de premiação, ficaram com a prata (3min58s31), e as chinesas com o bronze (4min01s97).