Por orientação do governo federal, a Petrobras está tentando voltar a atuar no Oriente Médio, mais de duas décadas depois de ter deixado o Iraque. A Informação foi dada pelo diretor da Área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró.

Segundo ele, a empresa participa de uma licitação para exploração de petróleo no Irã, onde representantes da estatal se encontram neste momento negociando detalhes da proposta já apresentada pela empresa no âmbito da licitação e cuja definição deverá acontecer já na próxima semana.

Além disto, a empresa vai participar de uma outra licitação para exploração de gás natural em terra na Arábia Saudita, onde o contrato é semelhante ao do México, onde a Petrobras explora e desenvolve a produção e a Arábia Saudita se compromete a comprar a produção. O mesmo processo se dará no Irã.

?A decisão de atuar no Oriente Médio é uma orientação de governo. É uma posição estratégica em que temos que marcar presença. Por isto, estamos estendendo nossos horizontes para uma região onde estão concentradas as maiores reservas de petróleo do mundo. Tentaremos marcar presença para termos o reconhecimento futuro do mercado e dos governos dos paises envolvidos?, disse Cerveró.