O Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (Snea) informou nesta sexta-feira (29) que a Petrobras reduzirá o preço do querosene de aviação em 12 1% a partir de 1º de outubro. É a terceira redução consecutiva repassada ao preço do combustível, que tem reajustes quinzenais.

No dia 1º de setembro, a Petrobras havia reduzido o preço do produto em 5,1% e, no dia 15, em 4%. Com esses reajustes para baixo, a alta acumulada este ano sobre os valores de 2005, que chegou a ser de 26% em agosto, praticamente se anulou e está hoje em 1%.

O Snea não informou se o reajuste será repassado aos preços das passagens aéreas. O valor do combustível corresponde a algo entre 35% e 40% dos custos de uma companhia aérea.