Preço dos combustíveis não
irá subir nos próximos dias.

A Petrobras não vai realinhar os preços dos combustíveis no mercado interno em função do aumento da demanda e do preço do petróleo, no mercado internacional. A afirmação foi feita pelo diretor-financeiro e de Relações de Investimentos da empresa, Sergio Gabrielli. Ele disse que a Petrobras está acompanhando a tendência de alta, a longo prazo, e se esta perspectiva se estabilizar a empresa terá que promover o realinhamento.

A Petrobras anunciou que, com o trabalho das novas plataformas de petróleo – P-43, P-48, P-50 e P-34 – a produção da empresa vai aumentar em mais 60 mil barris por dia até o fim de 2005.

Gabrielli detalhou hoje os resultados financeiros da Petrobras, divulgados ontem, que apontam um lucro líquido consolidado de R$ 3,972 bilhões, no primeiro trimestre de 2004 – 30% maior que o apurado nos três últimos meses do ano passado (R$ 3 bilhões).