O consórcio formado pela Petrobras e pela Petróleos de Portugal (Petrogal) arrematou oito dos 24 blocos oferecidos pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) na Bacia Madura do Espírito Santo na reabertura da sexta rodada de licitações de áreas de exploração de petróleo, que ocorre desde a manhã de hoje no Hotel Sheraton, na Zona Sul da cidade.

Todos os blocos estão localizados em áreas terrestres denominadas de bacias maduras (já exploradas), no setor Terrestre 2, da Bacia do Espírito Santo. Em quatro dos oito blocos (ES-T-47, ES-T-67, ES-T-68 e ES-T-88) a estatal brasileira é operadora, embora tenha os mesmos 50% de participação relativos à empresa Petrogal. A Petrogal, por sua vez, é operadora em outros quatro blocos: ES-T-174, ES-T-188, ES-T-202 e ES-T-215.

Em consórcio, as duas empresas petrolíferas já haviam levado outros sete blocos, todos em áreas maduras da Bacia Terrestre Potiguar, no Rio Grande do Norte.