O governador em exercício Orlando Pessuti abriu na noite deste domingo (16), em Foz do Iguaçu, a 5ª Conferência Executiva de Segurança Pública para a América do Sul da Associação Internacional dos Chefes de Polícia (IACP). O encontro é promovido pela Secretaria da Segurança Pública do Paraná em parceria com a IACP e é considerado o maior e mais importante do setor na América do Sul.

Pessuti abriu o evento tratando sobre o tema da segurança pública sob os aspectos da ?sensação de caos provocada pelo bombardeio de informações sobre violência. Depois de ouvir tantas notícias sobre assassinatos, roubos, seqüestros, as pessoas ficam com medo de sair de suas casas, de andar à noite pelas ruas de sua cidade. Mas será que tudo isso realmente é uma realidade? Onde está a linha que divide a sensação do medo da realidade da segurança??, disse.

O governador também questionou as causas da violência em seu pronunciamento. Segundo ele, para diminuir os índices da criminalidade é necessário o investimento em educação, saúde, trabalho, moradia. ?Investir nestas frentes, que devolvem a cidadania às pessoas e as afasta do crime, é sim investir em segurança pública. Este governo tem grandes exemplos de que isso funciona?, afirmou.

Pessuti citou a Vila das Torres, em Curitiba, como um grande exemplo onde se faz a união da cidadania com a segurança pública. ?Limpamos a área, instalamos os aparatos sociais para devolver a dignidade daqueles moradores e conseguimos reduzir drasticamente os índices na região, coisa que não foi possível apenas com a intensificação policial?, contou.