Pesquisa realizada pelo Vox Populi entre os dias 9 e 10, contratada pela revista Carta Capital e pela Bandeirantes, confirma a vantagem de 10 pontos porcentuais do presidente e candidato à reeleição, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), sobre o tucano Geraldo Alckmin.

O levantamento, com margem de erro de 2,2 pontos porcentuais, ouviu 2 mil eleitores em todo o País, com exceção dos Estados do Amapá e Roraima. Lula recebeu 55% das intenções de votos válidos enquanto Alckmin ficou com 45%. Na pesquisa espontânea, o petista obteve 50% das intenções, enquanto o candidato do PSDB recebeu 40%.

Considerando-se o total de votos da pesquisa estimulada, Lula ficou com 51%; Alckmin, 41%; ninguém, brancos ou nulos, 3%; não vai votar, 1%; e não sabe ou não revela, 4%.

O levantamento indica que o presidente Lula cresceu ainda mais na preferência do eleitorado do Nordeste: no primeiro turno, ele obteve 66,78% dos votos válidos e, segundo o Vox Populi, agora conta com 75% das intenções de voto. Alckmin teve 22%, indicando assim, um recuo aos 26,15% dos votos recebidos na região no primeiro turno.

Alckmin manteve vantagem sobre Lula na Região Sul, relata a pesquisa: 55% para o tucano contra 33% para o petista. Na região Sudeste, o Vox Populi informa que Lula tem vantagem de 5 pontos porcentuais, obtendo 49% das intenções, contra 44% para o tucano. A pesquisa Vox Populi foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral no dia 7, com o protocolo 22004/2006.