Pelé lamentou a recaída de Diego Maradona, internado na última quarta-feira por graves problemas hepáticos devido ao excessivo consumo de álcool.

Ele lembrou que fez o possível para ajudar na recuperação do jogador argentino, como participar da estréia de seu programa na TV argentina e ir a um jogo que o homenageou, no estádio "La Bombonera".

"A gente não pode fazer nada agora, tem que continuar orando para que ele se recupere", completou o Rei