O Paysandu se superou dentro de campo e com um jogador a menos, venceu de virada o Goiás, no Mangueirão por 4 a 2, neste sábado, em jogo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. A tarde foi dos zagueiros dos dois times, que fizeram cinco gols. Com o resultado, o Paysandu permanece na 15ª posição, com 46 pontos. Já o time goiano segue com 58, em sétimo.

Os paraenses começaram o primeiro tempo partindo para cima do time goiano. Mas Vinícius, como sempre, desperdiçou chances cara-a-cara com o goleiro Harlei. Foram pelo menos três gols perdidos. Esperto, o Goiás soube aproveitar. Aos 8 minutos, o zagueiro Asprilla aproveitou uma falha da defesa paraense e fez 1 a 0. Aos 11, Júlio Santos, também explorando uma bobeira dos goianos, deixou tudo igual: 1 a 1.

Paulo Baier, aos 20, colocou o Goiás novamente na frente mandando a bola para as redes após falha de Maurinho. O empate veio aos 26, com Maurinho, que desferiu uma “bomba” para as redes goianas, redimindo-se do erro que havia cometido: 2 a 2.

Na etapa final, o treinador Adilson Batista, apupado pelos torcedores, arriscou tudo. Vinícius foi substituído por Borges e Zé Augusto entrou no lugar de Alexandre. O time não acertava as jogadas e o Goiás parecia satisfeito com o empate. Aos 21, o volante Jairo foi expulso, após jogada desleal.

Foi o momento da raça. Com 10 em campo, o Papão, empurrado por sua fanática torcida, partiu para cima. Júlio Santos, aos 37, de cabeça, fez 3 a 2. Aos 43, Sandro ampliou, marcando o quarto com um chute forte para as redes de Harlei.

Morte

Um torcedor de 55 anos não resistiu a tanta emoção da virada paraense e sofreu um ataque cardíaco fulminante após o gol de Sandro.