O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, vai esclarecer dúvidas de integrantes da Comissão Mista de Orçamento sobre o projeto de lei orçamentária para 2007, amanhã, em audiência pública.

O relator-geral da proposta, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), avisou na semana passada que pode cortar as despesas previstas no texto encaminhado pelo Executivo. A razão é que a proposta prevê um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 4,75% em 2007, valor que ele considera superestimado. Se essa estimativa recuar, a previsão para arrecadação de impostos também deve cair.