Jundiaí (AE) – Na reedição da final do estadual do ano passado, o Paulista conseguiu dar o troco ao golear o São Caetano por 4 a 1, neste sábado, no estádio Jaime Cintra, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Com a vitória, o time de Jundiaí somou três pontos na classificação e quebrou um tabu de jamais ter vencido os adversários do ABC. Pelos critérios de desempate, o Paulista, com saldo positivo de um gol, fica provisoriamente na quinta colocação, enquanto o São Caetano é o nono colocado, também com três pontos.

O São Caetano começou melhor a partida e atacava principalmente pelo lado direito, com Alessandro, mas quem saiu na frente foi o time da casa. Disposto a se reabilitar da derrota de 2 a 0 para o Santo André na estréia, o time de Jundiaí chegou ao primeiro gol aos 8 minutos. Após bela jogada individual, onde deixou a defesa da equipe do ABC para atrás, Márcio Mossoró tocou na área para Marcos Dias fuzilar e abrir o placar.

O gol não desanimou o atual campeão, que criava chances de gol para empatar, mas defensivamente, não se encontrava. Aos 25, Lucas cruzou e após o corta-luz de Márcio Mossoró, a bola sobrou limpa na área para Davi ampliar o placar. As coisas pioraram ainda mais para o São Caetano aos 27 minutos, quando Alessandro fez falta em Ricardinho, impedindo o meia do Paulista ficar frente à frente com Silvio Luiz, e ser expulso. Com um homem a mais, o time de Jundiaí teve apenas o trabalho de administrar o resultado até o fim do primeiro tempo.

O São Caetano voltou determinado no segundo tempo e logo aos quatro minutos, Ceará cruzou para Fernando Baiano que, sozinho, descontou de cabeça. Mas quando a equipe do ABC parecia próxima do empate, foi o Paulista que marcou o terceiro, aos 8 minutos, com Márcio Mossoró, em um chute de fora da área. A partida estava tranqüila para o Paulista e aos 18 minutos, Ricardinho resolveu imitar Mossoró e, com outro chute de fora da área, marcou o quarto.

O Paulista volta a campo na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Palmeiras, no Parque Antártica. Já o São Caetano joga na quinta-feira, diante do Marília, no Anacleto Campanella.

Ficha Técnica

Paulista – Rafael; Lucas, Danilo, Thiago Mathias e Fábio Vidal; Amaral, Fábio Gomes, Márcio Mossoró e Ricardinho (Julinho); Davi (Abraão) e Marcos Dias (Léo). Técnico: Vágner Mancini

São Caetano – Sílvio Luís; Neto, Gustavo e Thiago; Alessandro, Paulo Miranda (Márcio Senna), Raulen, Marcinho (Zé Luiz) e Ceará; Fernando Baiano e Edu Sales. Técnico: Zetti.

Gols: Marcos Dias aos 8 do primeiro tempo, Davi aos 25 do primeiro tempo, Fernando Baiano aos 4 do segundo tempo, Márcio Mossoró aos 8 do segundo tempo, Ricardinho 18 do segundo tempo

Árbitro: Paulo José Danelon

Cartão amarelo: Marcinho e Neto.

Cartão vermelho: Alessandro.

Renda: R$ 20.943,00

Público: 1.912 pagantes

Local: Estádio Jaime Cintra, em Jundiaí