No Aeroporto de Brasília, atrasos e falta de informação deixaram o clima tenso na manhã deste sábado. No fim da manhã, cerca de 100 passageiros, do vôo 3849, da TAM, com destino a Confins, em Minas, invadiram uma aeronave da companhia, após descobrirem que não poderiam decolar porque não havia uma tripulação disponível.

Uma tripulação pronta para decolar só estaria disponível depois das 12h15. Dois agentes da Polícia federal entraram no avião, desarmados, para conversar com os passageiros. Os policiais negociaram e convenceram os passageiros a deixar a aeronave. Não houve tumulto.

De acordo com a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), dos 36 vôos programados para esta manhã em Brasília, 15 foram cancelados. Com a falta de informação sobre a real situação, houve três princípios de tumulto no balcão da TAM. Uma passageira que esperava vôo para Campinas desmaiou no saguão, após ter seu vôo cancelado. Não há lugares para se sentar e há passageiros em pé e espalhados pelo chão do saguão.