Brasília – Os partidos políticos poderão prestar suas contas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de forma eletrônica. Um programa desenvolvido em conjunto com o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, a ser oferecido neste mês, permitirá maior velocidade na verificação e na divulgação dos dados.

A coordenadora de Prestação de Contas Eleitorais e Partidárias do TSE, Leonice Severo, informou hoje (9) que o sistema visa criar maior transparência e possibilitará o confronto de dados com os da Receita Federal, para verificar as despesas e receitas declaradas pelos partidos.

Os mecanismos de exame, segundo ela, serão diferenciados e o tribunal poderá também verificar os documentos fiscais em convênio com as secretarias de Fazenda municipais e estaduais, para checar as informações dos partidos. A prestação de contas de campanhas é obrigatória desde 2002. Leonice Severo prevê para as eleições do próximo ano a adoção de outras inovações dentro do Sistema de Verificação de Contas Eleitorais (SVCE).