A participação da Varig no mercado doméstico de passageiros caiu para apenas 14,4% do fluxo total em maio (passageiros km pagos transportados), com queda de 32,6% em relação a igual mês de 2005, segundo dados divulgados hoje pelo Departamento de Aviação Civil (DAC). Em maio do ano passado, o grupo Varig participava com 26,52% do mercado. Entre as grandes companhias aéreas a Varig foi a única que apresentou queda num mês em que o fluxo de passageiros registrou aumento de 24,3%.

Com isso, a TAM e a Gol ampliaram ainda mais as suas participações no mercado, com a TAM respondendo por 45,6% dos passageiros transportados (42,7% em maio de 2005) e a Gol subindo para 33,6% (27,2% em maio de 2005).

Em termos relativos, porém, as novatas BRA e OceanAir registraram maior aumento, com acréscimos de 249,7% e 158,2%, respectivamente. Com isso, a BRA passou a ter uma participação de 3,54% no mercado (1,26% em maio de 2005) e a OceanAir de 0 76% (0,36% em maio de 2005). Outras 13 empresas disputam o mercado doméstico de transporte de passageiros, mas todas têm participações inferiores a 1%, conforme os dados do DAC.

Internacional

No mercado internacional de passageiros aéreos a Varig registrou queda de 29,3% em maio em relação a maio de 2005. Com isso a participação da empresa aérea nesse segmento caiu para 66,5% ante os 79,2% que computava há um ano. O mercado como um todo, segundo o DAC, registrou queda de 15,8% no movimento de maio em relação a maio do ano passado.

Nesse número, porém, não são incluídas as empresas internacionais que fazem serviço aéreo para o Brasil, como a American Airlines, United Airlines, Air France ou TAP. Os dados referentes a essas companhias são computados com defasagem de vários meses pelo DAC, órgão que está sendo substituído em sua função de regulador e controlador do fluxo aéreo no País pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Essas empresas já respondem por mais de metade do mercado brasileiro de vôos internacionais.

Assim como no mercado doméstico, a TAM e a Gol conseguiram capturar parte do mercado perdido pela Varig. A TAM registrou acréscimo no movimento de 45,8%, com a sua participação nesse segmento do mercado subindo para 28,6%, com aumento de mais de 12 pontos porcentuais em relação aos 16,5% registrados em maio de 2005. A Gol aumentou o número de passageiros transportados em 105%, com a sua participação subindo de 1,84% para 4,47%, pelos dados do DAC. Além das três maiores, há ainda três outras companhias que atuam nesse mercado (BRA, Meta e TAF), mas todas com participações inferiores a 1% do total.